LITURGIA NOTÍCIAS DA IGREJA SANTUÁRIO O PÁROCO APOSTOLADO DA ORAÇÃO PASTORAIS DIZIMISTAS ARQUIDIOCESE DE CURITIBA LITURGIA DOMINICAL EVENTOS MENSAGEM DO PAPA


Cardeal Tempesta na mensagem de Ano Novo: “quem faz a diferença somos nós”

Arcebispo da capital fluminense, dom Orani Tempesta pede ao povo cristão que transmita a alegria da presença do Senhor em seu meio.

Vatican News

Em sua mensagem de ano novo ao povo brasileiro - encaminhada ao Vatican News - o arcebispo do Rio de Janeiro, cardeal Orani João Tempesta, recorda que: “a mudança do dígito pode não mudar nada, se o homem não mudar e não se tornar melhor”.

O cardeal resume 2021 como um ano difícil. Segundo dom Orani, foi um ano de choro, luta e de experimentação de dificuldades. Por isso, o arcebispo carioca deseja que “2022 seja melhor”. “Nós sabemos que seja lá o que for que aconteça, Deus está conosco”, completa.

Para o cardeal Tempesta, é importante ter para si que “os dias, horas, minutos e segundos se sucedem”, mas, que, quem literalmente faz a diferença em um novo ano, somos nós. Além disso, em sua mensagem, dom Orani pede que o povo cristão transmita nessa virada de ano, a alegria da presença do Senhor em seu meio.

Desejo a todos vocês, caríssimos amigos e irmãos, um ano repleto das luzes do Senhor. Todos nós desejamos que o ano seja melhor. Está no coração de cada um de nós, que a cada dia melhoremos ainda mais. Que os passos sejam dados de tal maneira, para que o mundo seja melhor. Por isso, ao trocar o dígito de um ano para o outro, sucede algo mágico no coração de cada um, de cada pessoa. Ficam mais ternos, mais também mais preocupados com os outros, porque o desejo é de que as coisas melhorem. Isso está no coração do ser humano.

Passamos sim tempos difíceis. Choramos, lutamos e experimentamos tantas dificuldades neste ano que está terminando. Desejamos que 2022 seja melhor. Nós sabemos que seja lá o que for que aconteça, Deus está conosco. Também somos chamados a construir, a fazer nossa parte, nessa construção de um mundo mais justo, humano e fraterno. Os dias, horas, minutos e segundos se sucedem. Passa de um dia para o outro, de uma semana para a outra, de um mês para o outro, de um ano para o outro. Quem faz a diferença somos nós. Sabemos que a mudança do dígito pode não mudar nada, se o homem não mudar e não tornar melhor.

Portanto, nesse momento mágico de mudança de dígito e passagem para um novo ano, vamos criar um clima favorável à sociedade. Que coloquemos no coração o desejo de fazer melhor. Que cada um de nós faça a sua parte – e os cristãos, mais ainda. Aqueles que tem consciência que são filhos de Deus e irmãos entre nós, sejam os que façam chegar a todas as pessoas, contagiando a todas, a beleza de fazer o bem ao outro. Além disso, de passar pelo mundo ajudando as pessoas e transmitindo boas notícias. Transmitindo alegria, do Senhor presente no meio de nós.

Que sejam dias iluminados desse novo ano e que nós cumpramos bem a nossa missão de transmitirmos a vida, paz, esperança e confiança no Senhor que está presente em nossa vida. Desta forma, vamos construindo um ano melhor. Feliz Ano de 2022 a todos.