LITURGIA NOTÍCIAS DA IGREJA SANTUÁRIO O PÁROCO APOSTOLADO DA ORAÇÃO PASTORAIS DIZIMISTAS ARQUIDIOCESE DE CURITIBA LITURGIA DOMINICAL EVENTOS MENSAGEM DO PAPA


Promovem construção de santuário à Virgem de Fátima no coração da Rússia

Promovem construção de santuário à Virgem de Fátima no coração da Rússia

Por Blanca Ruiz

Ícone bizantino de Nossa Senhora de Fátima. Crédito: Pe. Aleksander Burgos.

MOSCOU, 24 Set. 19 / 11:00 am (ACI).- Pe. Aleksander Burgos é um sacerdote espanhol da Diocese de Valladolid (Espanha) que mora em São Petersburgo (Rússia) há 17 anos e deseja promover a construção de um santuário dedicado a Nossa Senhora de Fátima.

Foi por isso que Pe. Burgos visitou a Espanha, porque, embora em São Petersburgo existam outras capelas dedicadas a essa devoção da Virgem, nenhuma é um santuário mariano como tal.

Segundo explicou ao Grupo ACI, a construção de um santuário para esta devoção de Nossa Senhora "é algo normal", porque "se a Virgem de Fátima pediu em uma de suas aparições em Tuy (Espanha) a consagração da Rússia ao seu imaculado coração, São João Paulo II o fez em 1984 e estamos há 100 anos falando e rezando pela conversão da Rússia, parece normal que depois disso façamos um santuário a Nossa Senhora de Fátima neste país”.

Nesse sentido, Pe. Burgos também afirmou que outra das razões que o levaram a promover esse projeto mariano é agradecer à Virgem "por tudo o que fez pela Rússia, porque é de bom grado ser agradecidos".

 

“Seria um santuário de agradecimento, de petição pela Rússia, para que a conversão seja mais plena e para que católicos e ortodoxos possamos rezar juntos. No ícone que iria no centro do santuário está escrito em russo: ‘Em ti a unidade ”, assegurou ao Grupo ACI.

Este ícone é reconhecido como imagem bizantina e diante dele que os bispos da Rússia e Cazaquistão renovaram a consagração ao Imaculado Coração da Virgem, em 13 de maio de 2017.

A unidade das Igrejas também está no centro deste projeto do santuário, porque, como explica o sacerdote, “católicos e ortodoxos não podem celebrar a Eucaristia juntos, mas podemos rezar a Nossa Senhora e em seu coração todos entramos porque é um coração de mãe”.

Pe. Burgos, que tenta realizar esse projeto há quase duas décadas, explicou que recentemente foi dado um passo importante em sua realização, pois obteve a permissão das autoridades russas para ter a possibilidade de comprar um terreno de cerca de 700 mil euros, e a posterior construção do santuário.

Por isso, destaca que "todas as ajudas são bem-vindas, também aquelas que são de pequena quantia, porque essas pequenas contribuições servem para muitas coisas, porque os católicos russos sentiremos assim a solidariedade dos católicos espanhóis e do resto do mundo", e encorajou todos os devotos de Nossa Senhora de Fátima a colaborar.

“Mesmo que sejam cinco ou dez, tudo bem. Essas contribuições são muito importantes porque é um patrimônio espiritual de ajuda que faz muito bem, porque se recebemos, por exemplo, dez doações de cinco euros, sei que há dez pessoas que querem ajudar, que estão rezando pela Rússia e isso conforta muito a alma, é um patrimônio espiritual muito grande”, explicou.

A Conferência Episcopal Espanhola (CEE) colaborará com este santuário com a contribuição do Fundo da Nova Evangelização e o Centro Acadêmico Romano Fundação (CARF) também prometeu enviar uma parte da ajuda.

Podem solicitar mais informações sobre este projeto AQUI e através do e-mail beliykamen@gmail.com

fonte: acidigital.